Capítulo 18- O Diário de Lili- O dia mais triste de toda a minha vida

Papai, por que o senhor se foi? Vivi tão pouco ao seu lado... Por que não pôde preencher o vazio que mamãe deixou? ...Sou pequena demais para desejar todas as respostas dessa vida...
Corri pela estrada de terra até encontrar alguns escravos a trabalhar, aqueles rostos negros e suados não sabiam ao certo se lamentavam ou comemoravam a notícia da guerra... Muitos não sabiam o que estava acontecendo... Outros já sentiam o espírito da destruição... Ou do nascimento de um novo dia...
Desisti de gritar por meu pai, eu não estava tão histérica quanto Cicília...(...)Em seguida, pude visualizar o corpo de Mary caminhando em nossa direção, os raios me impediam de ver seu rosto, mas eu sabia que era a minha amada irmã. Abruptamente, soltei-me dos braços de Lara e corri em direção ao mais meigo de todos os seres... Mary Lee.
Agora estávamos todas nós unidas... Descompostas, mas unidas chorando em meio a estrada de terra...

1 comentários:

Tania Girl disse...

Triste demais...
bjos

Postar um comentário

 

Design in CSS by Nana França and sponsored by Mitsuyia
...E Nada é Para Sempre created by ...E Nada é Para Sempre