...


Cicília foi arrastada até os degraus da varanda, suas forças já haviam se esvaído, o choro contido desprendeu-se de seus olhos quando Betina a soltou... Estava a salvo agora longe dos cavalos, dos soldados, das miras dos revólveres, sentou nos degraus. A velha cativa havia cumprido sua missão...

- Papai...
Cicília - nanica abaixou a cabeça, desistiu de encarar o horizonte, seus olhos se fecharam no intuito de não mais sentir a dor da perda... Então, finalmente, como já era esperado por todos, Robert Lee iniciou sua cavalgada rumo aos portões da fazenda, cavalgou acompanhado de seus homens, cruzou os seus limites... (...).

5 comentários:

Karla Thayse disse...

Aii que lindo...
Obrigada pela visita Flor!
Tenha uma linda semana!
Beijoo

Grafite disse...

lindo seu blog!
adorei!

seguindo,
beiijo
*.*

Tania Girl disse...

Hum.... Estou achando essa história muito triste..rs

Gostei do novo banner querida, do novo lay também... ficou mais colorido, gosto de cores..rsrsrs..
bjos

Giulia disse...

muuito legal seu blog
vai lah no meu e segue
http://republica-t-e-e-n.blogspot.com/

Luh disse...

Obrigada pela visita!
Estou te seguindo :)
Seu blog é muito fofo!
Beijão

Postar um comentário

 

Design in CSS by Nana França and sponsored by Mitsuyia
...E Nada é Para Sempre created by ...E Nada é Para Sempre