...

- Venha cumigo, sinhá!

O escravo a convidou para o seu mundo. Mary teve medo, mas não hesitou. Montou no cavalo que o cativo guiava pelas rédeas... Protegeu-se com a capa negra para que ninguém pudesse reconhecê-la.
Com os bichos mais sinistros da noite como testemunhas, a jovem saiu dos limites dos jardins alcançando com o escravo, a mais negra e encantada das florestas. Aquele era um mundo que jamais havia conhecido, o mundo do qual seus pais nunca haviam falado... (...)

5 comentários:

Paula Teles disse...

Sempre sou a primeira a comentar, mais e que eu fico contando as horas de você postar, pois gosto de lê o que vc escreve uahushauhaus', virei fã.Beeijos

Tania Girl disse...

Ai que máximo!!!
EStou super curiosa, continua, continua!!!
bjos

- Jhoy Amancio ϟ disse...

' Nossa perdi mtos post´s! Mas ja recuperei td da história! Ta incrivel!
Bjo ;*

In My Life disse...

OI, que tal dar uma passadinha lá no "Te encontro às 5"? http://teencontroas5.blogspot.com/
bjs

TeXuco disse...

*-------------*
Esses romances proibidos são linndos, além de serem apaixonantes *-* / Tomara que a Lia não conte sobre o sumiço da Mary néh *-*
Beijo linda.
Dsculpe os meus sumiços =/

Postar um comentário

 

Design in CSS by Nana França and sponsored by Mitsuyia
...E Nada é Para Sempre created by ...E Nada é Para Sempre