...

- Ashton! Ashton!
Lia Lee escancarou a porta do salão, surgiu correndo, trocando os pés, avançando em direção ao escritório. Estava afoita, gritava, tropeçava em si mesma...
- Ashton...
(...)- Pare com isso! Pare sua louca! Pare! Acalme-se!
Lara Lee reagiu lhe dando um bofetão no rosto. Reuniu energia suficiente para se impor, ajeitou o vestido, respirou fundo, não duelaria com a louca num momento tão delicado.

3 comentários:

Hamilton H. Kubo disse...

Não há maneira de se manter um diálogo estando inteiramente tomada pelas emoções, seja ela qual for.

Beijos Elaine!

Vicky D. disse...

Olha eu aqui! ^-^
Nossa que lindo! Tive que ler tudo, né? é claro e adorei!!

bjão e bom fim de semana =^.^=

lorenarey *-* disse...

É a primeira vez que eu venho nesse blog teu, e eu amei a história. Tá certo que eu não peguei desde o começo, mas mesmo assim dá pra sentir a história flutuando pra foras da tela do computador e dançando a sua volta *-----------*
amei, simplesmente amei ♥

Postar um comentário

 

Design in CSS by Nana França and sponsored by Mitsuyia
...E Nada é Para Sempre created by ...E Nada é Para Sempre