...


- Menina Lara... Menina Lara... Tem um cavaleiro cruzando os portões agora...
Betina apareceu correndo... Afoita! Surgiu por entre as árvores que cercavam o jardim secreto. Vinha desengonçada...

- O que houve, Cafezinha?
Lara levantou-se da grama, seu coração palpitou assustado. Pôs-se de pé num instante passando o regador para as mãos de Mary.

(...)Suspirou... Suspirou... Em seguida, aproximou-se Mary, caminhando bem calmamente, serena, aliviada ao vê-lo após tantos dias de reclusão.

5 comentários:

TeXuco disse...

Meninaa que susto!
Achei que o belho já tinha batido as botas ;/
Beijos flor

Hyndra disse...

Goste do blogue :-D

Cogu Cogumelo disse...

Você sabe que a sua história é ótima, um daqueles romances antigos que mechem com a gente.

Por isso eu te indiquei para o Prêmio Dardos. O Selinho está lá no meu blog, é só você pegar.

http://tocadocogumelo.blogspot.com/

Karla Thayse disse...

Lindo reencontro...

Tenha um final de semana de luz!

Beeijo

Bels disse...

Gostei das histórias, seguindo aqui.

Postar um comentário

 

Design in CSS by Nana França and sponsored by Mitsuyia
...E Nada é Para Sempre created by ...E Nada é Para Sempre