...

O sol já despontava no horizonte quando um cavaleiro desconhecido surgiu a galope pelas estradas do Sul. Apressado, cortou caminho, levantou poeira! Seu semblante era um misto de desespero, alegria, euforia... Engolia seco! Guardava uma noticia em seu peito! Uma noticia destinada ao general... Galopava e gritava afastando os negros do meio da estrada, alguns corriam para as margens sem entender o que acontecia... Cochichavam... Levantou poeira!
Nos arredores da fazenda a natureza se agitada pressentindo o mensageiro, um vento incomum soprou... Misturou as folhas secas que o escravo varria na entrada da propriedade... O cativo estremeceu sentindo o cavalo desembestado se aproximando cada vez mais... Betina, que preparava a mesa de café da manhã nos jardins, também sentiu a aproximação misteriosa... Repentinamente um frio satânico correu sua espinha... A jarra de suco quase caiu de suas mãos... Ester veio ampará-la.
A velha cativa de pouca visão olhou para o alto das árvores percebendo a euforia dos galhos... Dos pássaros... Seus deuses lhe avisavam a respeito da presença que se aproximava a galope. Cavalgava! Cavalgava! Betina fechou os olhos na tentativa de captar aquela alma... Respirou fundo... Ester parada ao seu lado nada podia fazer, teve medo, quis chorar... Nunca havia presenciado tal postura da velha negra.


- É gente de fora, não é, Betina? Tá sentindo o que? Diz? Diz...
- O cavaleiro da morti tá vindo... Tá vindo rápido pelas estrada... Vem anunciá morti...
A velha cativa encontrou amparo na cadeira ao seu lado, sentou-se com dificuldade, tremendo... Tremendo! Seus lábios estavam pálidos e seus olhos fixos na direção dos portões principais.

3 comentários:

Tania Girl disse...

To curiosa...
bjos

Veronica Rodrigues disse...

Ah Elaine nem vou mais comentar !
voce escreve bem dimais...sempre falo só isso, mas fico de boca aberta!
muito bomm !

beijos

Aline Moschen disse...

comentei no outro blog... não sabia em qual você publica mais frequentemente, depois vê lá. Beijão.

Postar um comentário

 

Design in CSS by Nana França and sponsored by Mitsuyia
...E Nada é Para Sempre created by ...E Nada é Para Sempre