...

Sob os galhos retorcidos da mais robusta árvore Lia sentou-se na tentativa de fugir do mundo. Em seus olhos as lágrimas não mais hesitavam e rolavam livres até o queixo, o vento despenteava seus cabelos e as folhas amarelinhas que se desprendiam dos galhos, caiam sobre ela como chuva. Uma amorosa chuva, uma amorosa e lenta chuva! (Retirado para a proteção dos direitos autorais)Calou-se enquanto mordia os lábios tensos!

5 comentários:

Jυℓyαnα ツ disse...

*-*

Tá muito show seu livro *-*
[vc já pensou em publicar?]

Bejãooo ;*

Nana disse...

Publicar? Não!!! TEM MUITOS LIVROS ÓTIMOS POR AI... Não ousaria!

Tania Girl disse...

amo o jeito que voce escreve, tudo de bom..
e concordo com julyana, a história ta show de bola!!
bjos

TeXucoO disse...

Linda!
Tadinha da Lia =/
Ahh meu, ela vai ser feliz e amar um outro alguém néh? Diz quee siiim *o*
shuahsua

Beijos

Mel disse...

Será se estou pensando certo??
Nessa página, Lara fala tão bem de Edward, que
pensei por instantes que Lara estava amando também, o mesmo homem que sua irmã Lia ama desde pequena.
Será?????!!
aiin
Sua história é muito interessante Nana, pergunte para Deus, se Ele deseja que você publique. E se torne uma escritora.
Se torne não, escritora você ja é! :)
Tem muito talento.

Meu carinho...

Postar um comentário

 

Design in CSS by Nana França and sponsored by Mitsuyia
...E Nada é Para Sempre created by ...E Nada é Para Sempre